Urbanizarte agita região Sul com atividades culturais e esportivas

(Por Laura Gonçalves Sucena)

Famílias, crianças, jovens e idosos lotaram quadras e pátio da Escola Estadual Procópio Ferreira, no Jardim das Oliveiras, região Sul de Campinas/SP, durante mais uma edição do Urbanizarte. Na agenda, diversas atividades culturais e recreativas gratuitas, além de oficinas e apresentações.

Reunindo cerca de 600 pessoas, o sábado, 22 de setembro, foi de diversão e começou com show de capoeira do Grupo Dendê Brasil.  Também houve apresentação de malabares, ginástica e teatro do grupo Jocum; acrobacia e dança, com o pessoal da Associação de Educação do Homem de Amanhã (AEDHA) – Guardinha; e Hip Hop com a galera da Associação de Assistência Social São João Vianney.

A iniciativa da Fundação FEAC, realizada em conjunto com o Festival de Esportes, tradicional evento da região, teve como proposta principal incentivar a identidade e o pertencimento local, estimulando o fortalecimento de vínculos, a socialização, a convivência comunitária e o exercício da cidadania ativa. 

Para Sílnia Nunes Prado, responsável pelo projeto Urbanizarte da Fundação FEAC, o maior legado da ação é o processo de construção. “Todos os detalhes são planejados coletivamente, por um núcleo criativo, articulado pelos equipamentos e serviços locais. A atuação em conjunto fortaleceu esta rede que já fomenta outras ações em benefício desta população”, explicou.  

Beleza e Saúde

Além dos brinquedos como cama elástica, touro mecânico, desenhos, grafite e oficina de bola de sabão, houve também atividades para o público adulto. O Instituto Embelleze compareceu com seus alunos para oferecer corte de cabelo. “Essa parceria é muito boa porque o trabalho voluntário faz parte da nossa filosofia e aproveitamos para que nossas alunas, que estão em fase de profissionalização, realizem os cortes”, contou Alice Balsas, monitora do instituto.

Já o Centro Social Romília Maria participou com um completo salão de beleza. As mulheres puderam fazer unhas, sobrancelha, limpeza de pele e ainda cortar cabelo. “Oferecer esse tipo de serviço para a população é promover a convivência e a autoestima”, comentou a oficineira Marlene Ferreira.

“Eu adorei o dia de hoje. Vim com meus dois netos e a família toda está aproveitando. Não tem nada para fazer por aqui e faz falta para gente ter o que fazer. Eu vou cortar o cabelo, também quero fazer as unhas e as crianças estão se divertindo muito”, revelou a aposentada Jô Costa.

Outra parceria de sucesso foi com o Centro de Saúde da Vila Ipê. Segundo a técnica de enfermagem Adriane Borges, o intuito foi orientar a população sobre cuidados com a saúde e oferecer aferimento de pressão e exame de glicemia. “Muito bom contar com uma profissional da área da saúde aqui na escola. Eu já fiz meu exame e a família está aproveitando para se divertir”, disse a comerciante Silvana Gomes.

Brincando e dançando

Ninguém ficou parado com o som do funk que agitou a oficina de zumba, promovida pela Casa Sant’Ana. “Adoro dançar e hoje está ainda mais legal. Eu e minhas amigas estamos nos divertindo muito”, falou a estudante Larissa Alves.

Já os mais tranquilos foram para a aula de yoga e a criançada aproveitou as oficinas recreativas. Na manhã ensolarada teve ainda pipoca, algodão doce e sorvete distribuídos gratuitamente, que fizeram a alegria do público que prestigiou o evento. Os moradores presentes puderam também aproveitar a ocasião e tirar dúvidas sobre o Cadastro Único.

“Estou com minha filha e netas e estamos nos divertindo muito. A criançada não para de correr e brincar porque eles têm muita energia. É maravilhoso ter tantas atividades para fazer no final de semana”, suspirou a moradora Marlene Silva. “Podia ser sempre assim, dias alegres e especiais. O pessoal mais velho tem que se divertir, porque ficar em casa dá depressão. Eu gosto de me mexer, fazer dança, conversar com as amigas”, completou a aposentada Genília Oliveira, do Jardim Esmeraldina.

Escola da Família

Marli Pereira Altiman, vice-diretora da Escola da Família, conta que a parceria com o Urbanizarte permitiu incrementar as atividades oferecidas à comunidade. “Hoje é um dia de diversão, recreação e cultura. Queremos trazer as famílias para dentro da escola porque aos finais de semana não há o que fazer no bairro. Então queremos proporcionar um dia diferenciado e harmonioso para todos”, relatou.

Segundo Marli, o objetivo da Escola da Família é reunir nos espaços da escola, os profissionais da educação e voluntários para desenvolverem, nos fins de semana, atividades ligadas ao esporte, cultura e saúde. “Essa parceria com a Fundação FEAC proporcionou um dia ainda melhor, com atividades para todos e o resultado está aí, uma escola com valores, respeito e convivendo em harmonia”, resumiu.

Segundo Aparecida Vilela, coordenadora de projetos da Associação de Assistência Social São João Vianney, a parceria com a escola é fundamental. “Os equipamentos estão sempre em contato, nossa rede intersetorial é bem ativa e nosso objetivo é oferecer atividades, trazer a família para perto e fazer com que eles vivenciem o território por meio de eventos como esse”, explicou.

Urbanizarte

O Urbanizarte, projeto do Programa Fortalecimento de Vínculos da Fundação FEAC, tem como objetivo incentivar a identidade e o pertencimento local e estimular a socialização e a convivência comunitária, consolidando assim as redes locais dos territórios de Campinas para o pleno desenvolvimento humano.

Sobre o Programa Fortalecimento de Vínculos

Iniciativa da Fundação FEAC que investe na qualificação de ações integradas de cultura, esportes e cidadania com o objetivo de prevenir o agravamento da vulnerabilidade social e reforçar os vínculos familiares e sociais protetivos.

Saiba mais: https://www.feac.org.br/fortalecimentodevinculos/

2018-09-27T17:47:15+00:0027 de setembro de 2018|Categories: NOTÍCIAS|Tags: , |
X