Primeira Infância: exposição de artes promove integração com famílias

(Por Laura Gonçalves Sucena)

Nas paredes quadros, nas salas esculturas e por todos os cantos da instituição era possível ver as obras de arte das crianças.  Assim o Serviço Social da Paróquia São Paulo Apóstolo (SPES) recebeu pais, mães, tios e avós para a Festa da Família, realizada no mês de novembro, que teve como finalidade apresentar os trabalhos criados pelos pequenos ao longo do ano.

A escola de educação infantil, que aproveitou o dia de festa para comemorar 39 anos, recebeu as famílias que puderam ao longo dos percursos apreciar as produções infantis que foram organizadas pelas professoras.

Segundo a diretora educacional Tânia Barreto, o principal objetivo da exposição foi mostrar aos pais como as crianças se desenvolvem nas atividades do dia a dia, por meio das artes. “Muitos pais perguntam se não vamos ensinar seus filhos a lerem e escreverem e nós informamos que o brincar é essencial para o desenvolvimento e que todas as etapas devem ser aplicadas na hora certa”, contou.

O ato de brincar por meio da arte conduz a criança a se perceber, estimulando a sua natureza, elevando a autoestima e fazendo com que ela reconheça o seu valor.

No SPES, as atividades lúdicas com as tintas, lápis de cor, giz e materiais não estruturados são incentivadas para o desenvolvimento motor e cognitivo dos pequenos. A criança, de acordo com a sua faixa etária, precisa executar algumas atividades sozinha e aos poucos vai aprendendo a ter autonomia, a interagir, a socializar e a compartilhar.

Na creche, as artes também têm um papel importante no desenvolvimento intelectual dos pequenos, uma vez que estimulam a imaginação e acabam contando, de certa forma, histórias vividas por elas. À medida que as crianças compreendem o funcionamento do mundo, vão buscando mecanismos para se expressarem e nada melhor do que as artes para isso.

“Nossa intenção é que as famílias conheçam os trabalhos realizados pelas crianças e que assim percebam o quanto elas se desenvolvem. Além disso, aproveitamos esses momentos de socialização e confraternização para fortalecer os vínculos com os pais e trazê-los para dentro da escola. E é muito bom ver os pais brincando com seus filhos dentro da instituição”, contou a diretora.

Adriana Nunes Silva, técnica de referência do Programa Primeira Infância em Foco (PIF) da Fundação FEAC, comentou que foi contagiante presenciar a participação das famílias.  “Nas salas de aula utilizadas como ateliês para apresentações dos trabalhos artísticos, com releituras, construções com materiais da natureza, descobertas científicas, letramento e outros, as famílias puderam não só observar, mas também interagir com as crianças e o espaço”, comentou.

“As famílias aproveitaram para curtir seus filhos em todos os espaços da instituição, como o parque, o jardim sensorial e o refeitório, que serviram de cenários para trocas afetivas e muitas brincadeiras entre crianças e adultos.  Quando a família tem a oportunidade de participar de uma vivência escolar tão significativa como a promovida pelo SPES, uma das mensagens que a criança recebe é que sua aprendizagem é importante para ambas as instituições, escola e família”, completou Adriana.

Confraternizando

Num clima de alegria, as famílias brincaram, dançaram, cantaram e se divertiram muito. Após conferirem os trabalhos artísticos de seus pequenos, os pais ainda puderam confraternizar com seus amigos e curtir o conjunto musical Samba do Presidente.

Para Maria José Batista de Abreu, mãe da pequena Isadora, 4 anos, a festa da família é um momento de reunião. “Acho importante estar com outros pais e com todos os funcionários. Este ano, o que mais me chamou a atenção foi a apresentação dos trabalhos que as crianças fizeram, e poder ver o quanto a minha filha se desenvolveu”, falou.

“A festa da família é um acontecimento muito importante porque é quando presencio o desenvolvimento da minha filha e é um encontro importante onde a gente se diverte.  A gente sente que a escola fica feliz de nos receber”, contou Valdejane Leal de Almeida, mãe de Emilly, 3 anos.

Para o Washington Luís Cardoso de Matos, pai de Enzo, 4 anos, a festa é fenomenal. “Vou resumir em poucas palavras o SPES na vida do meu filho: é uma extensão da minha família. E eu só tenho a agradecer. Acredito mesmo que somos uma família”, enfatizou.

 

Parcerias e voluntários

Contar com a família dentro da instituição é um fator levado a sério pelo SPES. Por isso, a instituição acredita no trabalho em rede e nas parcerias.

De acordo com a diretora, uma das grandes parcerias firmadas foi com a Unicamp e o Centro de Saúde do São Marcos. “Após uma demanda dos pais, entramos em contato com esses parceiros que, uma vez por mês, trazem uma palestra diferente para os pais, sempre com assuntos demandados por eles”, falou Tânia.

O SPES ainda faz parte da Rede Abraço Amarais, uma consolidada ação comunitária da região Norte de Campinas/SP, composta por diversas entidades assistenciais, representantes de bairros e usuários de serviços da política pública de assistência social dos bairros Jardins Santa Mônica, São Marcos, Campineiro, Recanto da Fortuna, Vila Esperança e Amarais.

Para a coordenadora de eventos da Rede, Aparecida Tokobaro, o trabalho em rede se traduz por meio de conexões entre todos os serviços, para que, de forma complementar e continuada, possa atender às demandas dos indivíduos, famílias e comunidade e isso inclui também o SPES. “Para potencializar esta articulação são utilizadas diversas estratégias, a exemplo de encontros entre instituições socioassistenciais, reuniões e realização de eventos para a integração”, contou.

Os voluntários também são bem-vindos no SPES. Para a Festa da Família, a instituição contou com o apoio de cinco voluntários que ajudaram na cozinha, a fotógrafa Flaviana Maluf e o grupo musical Samba do Presidente. “Todos que participaram conosco fizeram a diferença e só temos que agradecer”, afirmou a diretora.

O SPES é   uma entidade parceira da Fundação FEAC que integra o projeto de apoio institucional do Programa Primeira Infância em Foco (PIF).

 

Primeira Infância em Foco

O Programa Primeira Infância em Foco é uma iniciativa da Fundação FEAC que investe em esforços para promover o desenvolvimento da primeira infância com objetivo de assegurar que todas as crianças tenham desenvolvimento adequado à sua faixa etária.

Saiba mais: https://www.feac.org.br/primeirainfanciaemfoco/

2018-12-04T09:48:28+00:004 de dezembro de 2018|Categories: NOTÍCIAS|Tags: , |
X