Primeira Infância em Foco participa de Seminário Internacional de Educação na Unicamp

(Por Laura Gonçalves Sucena)

Criar espaços para reflexão e debater o tema educação foi o objetivo do I Seminário Internacional de Educação para o Século XXI, promovido pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O evento, realizado entre os dias 5 e 7 de março, reuniu educadores, filósofos, pesquisadores e estudantes e contou com representantes da Fundação FEAC que ministraram a palestra “Avaliação e práticas educativas em contextos da infância”.

No evento, a líder do Programa Primeira Infância em Foco (PIF), Claudia Chebabi, falou sobre a importância de se estruturar e qualificar iniciativas das creches, tendo como fim o pleno desenvolvimento da criança de zero a três anos e considerando a participação efetiva da família.

Também foi explanado o trabalho de aplicação do Indicador da Qualidade na Educação Infantil (IQEI) junto às instituições de educação infantil parceiras da Fundação FEAC. “Os indicadores constituem sinais que revelam aspectos de determinada realidade e que permitem qualificá-la. Para isso, as instituições de educação infantil reuniram suas equipes e ainda convidaram as famílias das crianças para participarem do processo”, comentou Claudia.

A avaliação realizada com os grupos analisa sete dimensões: planejamento institucional; multiplicidade de linguagens e experiências; interações; promoção da saúde; espaços, materiais e mobiliários; formação e condições de trabalho dos professores e demais profissionais; relação de troca e cooperação com as famílias e participação na rede de proteção social.

De acordo com Claudia, com o resultado é possível analisar a qualidade de uma instituição de Educação Infantil e, a partir daí, chegar à realidade do local e propor soluções de melhorias. “Na avaliação, o grupo discute temas sobre a proposta pedagógica da escola, planejamento, práticas educativas, construção da autonomia das crianças, identidade e valorização, respeito e dignidade, interação, segurança, alimentação, respeito e acolhimento, mobiliários, espaços, formação dos profissionais e muito mais”, explicou.

Desenvolvimento Infantil

Com investimentos nos eixos de Formação, Ambiência e Família, o Programa Primeira Infância em Foco visa o pleno desenvolvimento infantil. Na palestra a técnica de referência do PIF, Adriana Nunes Silva, falou sobre a importância de se investir nos profissionais e refletir sobre o que fazer, como fazer e o motivo. Ainda citou que os espaços das unidades de educação infantil devem ser pensados intencionalmente de modo a servir ao desenvolvimento infantil e frisou a relevância da família participativa.

Outro ponto destacado por Adriana foi o monitoramento do desenvolvimento infantil, que utiliza marcos de desenvolvimento, que são períodos que acontecem de acordo com a maturidade de cada criança e pressupõem certa flexibilidade, para sinalizar as mudanças que estão ocorrendo e as capacidades crescentes que estão sendo adquiridas.

“Buscamos garantir o respeito à criança e ao seu processo de desenvolvimento, a qualidade dos vínculos afetivos e intensificar a participação das famílias nesse processo. As unidades de Educação Infantil devem estar preparadas para incentivar e orientar a participação da família no desenvolvimento infantil”, pontuou.

Para a educadora Lenir Morgado da Silva, que trabalha na Secretaria Municipal de Educação de São Paulo/SP, conhecer o trabalho realizado pela FEAC foi motivador. “Temos um projeto semelhante, com avaliação e educação infantil e gostei muito de conhecer a experiência apresentada. Vou levar isso para São Paulo e quem sabe podemos fazer algumas modificações”, explanou.

Seminário

Organizado e promovido pelo Laboratório de Psicologia Genética da Faculdade de Educação da UNICAMP, o Seminário é um espaço de aprofundamento e ampliação de conhecimentos, que permitiu a discussão e reflexão sobre a Educação do Século XXI a partir dos quatro pilares: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a viver juntos.

“Nosso propósito foi reunir profissionais da educação para conversar sobre esse tema tão importante e discutir como pode ser uma educação adequada, como promover uma educação de qualidade. Trazer a FEAC para esse seminário é reconhecer as experiências tão exitosas que estão sendo realizadas pela Fundação nas comunidades de Campinas. É mostrar o trabalho coerente que está sendo feito na busca pela qualidade”, afirmou Andrea Patapoff, membro da comissão organizadora do Seminário.

Saiba mais: http://www.feac.org.br/primeira_infancia_em_foco/