Mutirão Voluntário leva cor e beleza ao Lar Escola Jesus de Nazaré

MUVO encerra suas atividades somando 982 horas de trabalho voluntário e 1,2 mil pessoas beneficiadas

(Por Ingrid Vogl)

Os olhinhos curiosos dos pequenos miravam a todo momento a principal atração do Lar Escola Jesus de Nazaré na manhã de sexta-feira, 30 de novembro: o Mutirão Voluntário (MUVO) que coloriu as paredes do playground onde as 100 crianças de 2,5 anos a 5 anos e 11 meses brincam todos os dias.

As paredes que circundam o parquinho se transformaram com coloridas e vibrantes figuras que remetem às brincadeiras como pular corda e jogar peão, além de uma grande tenda de circo com direito a malabaristas se equilibrando em uma corda bamba.

Em grupos ou sozinhas, as crianças vinham a todo momento espiar o trabalho dos voluntários, demonstrando ansiedade em brincar no espaço em transformação. “O que mais gostei foram das flores. O parque é muito mais legal colorido”, decretou Nicole Helena Oliveira, 4 anos. “A parede estava quebrada e arranhada, agora está muito mais bonita”, disse Barbara Sobrinho, 4 anos.

As famílias das crianças também tinham o olhar de admiração pelo trabalho em andamento. “A pintura está ficando linda. Ela vai animar e inspirar as crianças a brincarem mais ainda”, disse Brenda Naiara Gabriel, mão de Davi Henrique, 4 anos.

Aparecida Almeida, avó de Luan, 5 anos, até parou para acompanhar a pintura. “Fico feliz de ver as pessoas se unindo e trabalhando por essas crianças que estudam aqui. Além disso, sinto que meu neto está sendo muito bem cuidado e vai poder usufruir dessa lindeza que estão fazendo”, contou.

Para Erika Aparecida Ferreira de Assis, diretora educacional do Lar Escola, a pintura dos muros é uma necessidade que há tempos a instituição tem. “A nova pintura vai refletir no bem-estar das crianças, e acreditamos que vai inspirá-las mais ainda às brincadeiras que impactam no desenvolvimento infantil de cada uma”, aposta.

 

Missão cumprida

Participante de quase todos os MUVOs promovidos em 2018, Antônio do Nascimento Valentim estava animado para o trabalho, como lhe é característico. “Este ano os mutirões foram bem organizados, com atividades diversas e teve muita alegria e um pessoal empenhado em ajudar quem frequenta as instituições sociais que receberam o MUVO. Os voluntários foram sempre bem recebidos e para a gente, o que fica é a gratidão. Saímos felizes e realizados e com o sentimento de prazer e missão cumprida”, afirmou Antonio.

Caprichando na pintura dos desenhos, o vendedor técnico Rodrigo Pereira Lima ficou satisfeito com o resultado de seu trabalho. “É muito bacana ver o lugar se transformando. É gratificante poder me doar e ver que todos aqui se empenharam pelo melhor resultado possível. E ver a alegria das crianças em seus olhares para o parque enquanto estamos aqui pintando, é sensacional. Me sinto realizado de ajudá-las com meu trabalho voluntário. Minha meta em 2019 é participar de todos os mutirões da FEAC”, disse.

 MUVO

Em 2018, o MUVO esteve em 10 locais entre espaços públicos, instituições sociais e escolas de educação infantil, contou com 232 voluntários que doaram 928 horas para beneficiar 1.237 pessoas. A última edição do ano será especial, um mutirão de brincadeiras e diversão com as crianças da comunidade do Jd. Novo Flamboyant. A ação acontece nos dias 8 e 9 de dezembro.

Segundo Marcela Doni, técnica responsável pelo MUVO, este ano os mutirões foram pensados para transformar tanto as instituições quanto os voluntários que participaram. “Foram ações bem diversificadas para que os voluntários fizessem de tudo um pouco, como jardins, hortas, montagem de bancos, pintura, pintura artística e recreação. O objetivo foi contribuir com as instituições sociais e o desenvolvimento de habilidades diferenciadas. Este MUVO no Lar Escola Jesus de Nazaré, por exemplo, surpreendeu os participantes que ao iniciarem o trabalho questionaram sua habilidade com pintura artística, mas no final estavam orgulhosos do resultado. Outro benefício que pude observar nesta atividade foi o lado terapêutico que ela despertou: os voluntários ficaram bastante envolvidos com os detalhes da pintura”, observou.

O MUVO é um dos projetos que integra o Programa Cidadania Ativa, iniciativa da Fundação FEAC que investe em mobilização e engajamento de todos, com objetivo de energizar a sociedade para agir na superação dos seus desafios e promover o bem-estar social.

No MUVO, são realizadas ações de voluntariado por meio de mutirões que engajam, mobilizam e inspiram pessoas a realizar trabalhos pontuais que tragam impacto social a Organizações da Sociedade Civil (OSC). Qualquer pessoa que queira doar tempo e boa vontade para realizar a ação pode participar. Todas as ferramentas e materiais serão disponibilizados para o trabalho voluntário. Os Mutirões voltam a acontecer nos primeiros meses de 2019.

Informações: https://www.feac.org.br/cidadaniaativa/

 

2018-12-05T10:52:15+00:004 de dezembro de 2018|Categories: NOTÍCIAS|Tags: , , |
X