Motiva a Organizar Eventos prepara voluntários e OSC para criação e planejamento mais assertivos

Encontro temático destacou ainda importância da inovação

(Por Ingrid Vogl)

Técnica, planejamento, criatividade. Essas são algumas das características indispensáveis para a organização de um evento, mercado que cresce 20% ao ano e é umas das principais fontes de renda das Organizações da Sociedade Civil (OSC). Foi sobre isso que Marília de Lima, palestrante especialista em projetos e eventos para as áreas criativas e sociais, falou durante o Motiva a Organizar Eventos, que aconteceu na noite do dia 12 de novembro, na Fundação FEAC.

Marília explicou o que são eventos, o porquê realizá-los, quais são as etapas e a programação da pré-produção, produção e pós-produção. Além disso, a especialista abordou quais são os possíveis tipos de eventos que podem ser feitos na área social.  “O principal desafio é que as pessoas entendam que há uma técnica para fazer eventos que facilita e profissionaliza, trazendo mais resultados”, afirmou.

Além da técnica, Marília também ressaltou a importância de pensar em eventos inovadores. “É preciso pensar fora da caixa porque para qualquer coisa que se crie, sair do lugar comum é essencial para não repetir erros. Na área social as instituições costumam repetir muito o que outras OSC fazem, muitas vezes desconexas do seu público alvo e do contexto com as causas com as quais trabalham. Para isso, é preciso estar atento às novidades do mercado e em possibilidades inovadoras, como eventos online”, disse.

Entre o público participante da palestra, voluntários e membros de instituições sociais aproveitaram os conhecimentos compartilhados pela especialista e saíram da FEAC cheios de ideias a serem praticadas.

Flavio Oliveira, fundador do Instituto Aveleira, marcou presença em busca de informações para aprimorar as atividades que são realizadas na entidade que trabalha com saúde e educação, como cursos, palestras e workshops. “Temos a necessidade de fazer essas ações de uma maneira mais estruturada e, futuramente, mais amplas. A palestra da Marilia já nos trouxe vários pontos a serem considerados em um evento, como os detalhes para que eventos tenha resultados interessantes. São eles que representam o sucesso ou fracasso do evento”, analisou.

A psicóloga Renata Macarini participou do Motiva para iniciar o trabalho voluntário no Lar dos Velhinhos de Campinas e saiu da palestra, como ela mesma definiu, com um leque de aprendizado. “Achei sensacional. Não esperava que fosse aprender tanto assim para trabalhar como voluntária, entendendo inclusive sobre gestão. Esse aprendizado serve inclusive para meu trabalho como psicóloga, porque ajuda muito nessa questão de planejamento, organização, de ter foco nos detalhes, e nas possibilidades”, relatou.

Sonia Candido já trabalhou como voluntária e está em busca de novas oportunidades desse tipo de trabalho. “Vi no facebook e me interessei pela palestra, porque quero voltar à ativa no voluntariado. Já fiz alguns cursos sobre gestão e esse tema discutido hoje complementa meus conhecimentos. Saio daqui mais inspirada e preparada para o trabalho voluntário”, concluiu.

Motiva direcionado

O Motiva a Organizar Eventos faz parte das formações temáticas de uma série de encontros para voluntários que a FEAC já realiza, em geral, bimensalmente. Segundo Marcela Doni, assessora técnica responsável pelo Motiva, a ideia é que os encontros temáticos qualifiquem ainda mais a formação oferecida a quem pretende desenvolver trabalho voluntário.

“Aos escolher os temas para os encontros, sempre ponderamos a real necessidade das OSC, por isso não podíamos deixar de realizar um encontro sobre este tema. Foi muito bom ver o interesse dos voluntários em aprender mais sobre a organização de eventos. É cada vez mais nítido que os voluntários querem oferecer seu tempo e obter resultados concretos e sabem que para isso precisam estar capacitados para as funções que irão exercer. Todos que pretendem realizar trabalhos voluntários devem ter isso em mente, já passou o tempo em que voluntariado era apenas caridade, hoje é compromisso com a mudança e com a promoção dos direitos”, avaliou Marcela.

O Motiva (Mobilização, orientação, treinamento e incentivo a voluntários) é um dos projetos do Programa Cidadania Ativa, uma iniciativa da Fundação FEAC que investe em mobilização e engajamento de todos, com objetivo de energizar a sociedade para agir na superação dos seus desafios e promover o bem-estar social.

 

Mais informações: https://www.feac.org.br/motiva

(19) 3794 3544

2018-11-14T15:28:27+00:0014 de novembro de 2018|Categories: NOTÍCIAS|Tags: , , |
X